terça-feira, 7 de agosto de 2018

BIENAL 2018

Esse ano nós da Imprensa tivemos a oportunidade de participar da 25º Bienal 2018, alguns dos alunos foram sorteados para ir no dia 09 de Agosto, onde terão algumas  programações e convidados, terá João Paulo Guerra Barrera e Fernanda de Oliveira as 11 da manhã com uma roda de conversa, Thalita Rebouças, Luiz Trigo e Bruna Vieira as 13:30 palestrando, Grupo Brasil do Casseta! As 16:00, Julia Faria e Daiana Garbin com uma palestra as 18:30.
Além dos convidados também terá venda de livros, os livros variam de preço de R$2,00 a R$80,00, onde qualquer pessoa poderá comprar e comparecer aos eventos, cada dia terá uma programação diferente.
Os horários dos eventos vão das 9:00 as 22:00 toda a semana e estudantes pagam meia entrada; os ingressos variam de preço vão de 12 a 25 reais, qualquer pessoa poderá entrar nesses dias e o evento é totalmente livre, todos os eventos aconteceram no Anhembi Morumbi do dia 3 ao dia 12 de Agosto.
Por fim, aproveitem tudo da Bienal porque cada pedaço e cada minuto é único.

         Alunas Repórteres: Sabrina Xavier, Cynthia Santos e Evellyn de Souza.
Imagem relacionada

BIENAL DO LIVRO 2018


A 25  BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE SÃO PAULO NO PAVILHÃO DE EXPOSIÇÕES NO ANHEMBI.
ACONTECERÁ   DE 3A 12 DE AGOSTO DE 2018
O EVENTO É PALCO PARA O ENCOMTRO DAS PRINCIPAIS EDITORAS E DISTRIBUIDORAS   DO PAÍS, APRESEMTADOS SEUS IMPORTANTES LANÇAMENTOS PARA APROXIMADAMENTE 700 MIL VISITANTES  EM UM ESPAÇO TOTAL DE 70 MIL METRÕS QUARDRADOS .
ALÉM DE GRANDE OFERTAS DE LIVROS , A BIENAL AINDA CONTA COM UMA PROGRAMAÇÃO CULTURAL  ABRAGENTE , MESCLANDO LITERATURA , GASTRONOMIA ,CULTURA ,NEGÓCIOS E MUITA DIVERSÃO !     
QUANDO ACOMTECE ?
 DIA 03 DE AGOSTO ATÉ DIA 12 DE 2018

NO PAVILHÃO DE EXPOSIÇOES NO ANHEMBI
AV. OLAVO FONTOURA, 1 209 CEP 02012- 021 SÃO PAULO -SP
HORÁRIO DE VISITAÇÃO
SEG A SEX, DAS 9 ÁS 22 H       
SAB E DOM DAS 10             

 ISRAEL DE OLIVEIRA DIAS

SARAU PODE PÁ QUE É NÓIS QUE TÁ

Nós da Imprensa Jovem fomos convidados para um evento na zona leste no dia 04 de Agosto, foram convidados alguns participantes entre eles João Vitor, Evellyn Souza e Cynthia Santos.

Neste evento alguns escritores foram prestigiados, entre eles a nossa aluna Letícia do 9ºB, como o texto dela foi selecionado ela ganhou um espaço para publicação do seu poema no livro da nova edição PODE PÁ QUE É NÓIS QUE TÁ IV, além do espaço os ganhadores concorreram a uma premiação em dinheiro que iria de R$100,00 a R$800,00, infelizmente ela não foi premiada, mas pôde trazer pra casa 4 exemplares do livro.

O evento durou em torno de 4 horas, foi muito bem movimentado e todos que estavam lá gostaram, inclusive nossa escritora, foi super animado e além da premiação tivemos um pequeno SARAU e um pequeno coquetel para atender a todos os convidados. O evento aconteceu as 14 horas na Zona Leste e finalizou as 18:00 foi muito produtivo e todos adoraram.


PROGRAMAÇÃO DA BIENAL 2018


     No dia 09/08/18, nós da Imprensa Jovem iremos fazer um passeio sobre a programação da Bienal.  As exposições da Bienal serão:  Senhas – Arenas de autógrafos  BLC, Arena cultural, Bibliosesc Praça de histórias, Bibliosesc Praça da palavra, Espaço cordel e repente, Cozinhando com palavras, Encontro de fãs, Espaço do saber Microsoft, Salão de ideias, Espaço infantil correio das mil fábulas e Papo de mercado.
     Além dos convidados, também irá ter venda de livros, onde os preços são variáveis, onde qualquer pessoa pode comprar e participar dos eventos. Os eventos acontecem nos horários das 09:00 às 22:00 nos dias 03 a 12 de Agosto.
     Os autores do dia 09 serão:  João Paulo Guerra Barreira, Fernanda de Oliveira, Thalita Rebouças, Luiza Trigo, Bruna Vieira, Hélio de La Peña, Hubert Aranha, Beto Silva, Marcelo Madureira, Claudio Manoel, Julia Faria e Daiana Garbin.
    Alunos repórteres : Isabella Leticia, Poliana Oliveira e Vitoria Santana 8ºC


Resultado de imagem para Fotos da bienal 2018

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

AGOSTO INDÍGENA

Demos início aos trabalhos referentes à nossa origem indígena . A professora Suelen -Geografia está estudando com os alunos as tribos dentro do nosso território. Sabemos que usamos utensílios indígenas ( peneiras, tachos, rede) , sabemos também que a cultura indígena influenciou nossa alimentação com coisas saborosas : mandioca,batata doce, milho , curau , pamonha, pipoca e a tão famosa tapioca.
Os alunos e alunas farão uma pesquisa sobre BRINCADEIRAS INDÍGENAS nesse mês.Já iniciamos as vivências com a brincadeira da Briga de Galo, Luta , Jogo da Onça. Os alunos produzirão petecas com frascos de detergente para brincarmos.
Algumas fotos sobre nosso pequeno projeto.
Luta

Briga de Galo



briga de galo

Petecas


Jogo da Onça


Petecas 5o A

Questões sobre os povos Indígenas


FUTEBOL E SUAS NUANCES

Finalizamos os estudos sobre o Futebol. Futebol não é apenas o ícone mais popular entre os esportes praticados no Brasil. Futebol e uma cultura , um estilo de vida , um sonho de muito menino na periferia .
Futebol também tem suas nuances e desdobramentos . Isso que os alunos aprenderam no 2o Bimestre. Pesquisaram a respeito dos tipos de futebol : Futebol de Rua , Futebol Feminino. Futebol de Campo e Salão , as Regras de Arbitragem, Museu do Futebol, Futebol de Botão e FIFA ( a maior organização que organiza campeonatos e mobiliza milhões de Euros).
TIPOS de DRIBLES

CURIOSIDADES sobre FUTEBOL FEMININO

                                         Praticando e conhecendo o FUTEBOL DE BOTÃO



terça-feira, 31 de julho de 2018


Dia 9 vem se aproximando. A imprensa vai para a Bienal do livro onde se encontrarão muitas pessoas.
Exatamente ás 11:00 estará por lá, João Paulo Guerra de Barrera e Fernanda de Oliveira. Para quem não sabe, ele é uma criança brasileira bilíngue, escritor, programador e vencedor de concurso de colonização espacial da NASA, tem apenas 8 anos e já tem publicado 2 livros. Fernanda tem um canal no YouTube chamado FÊ LIZ e publicou o livro “LIVRORESCER”.
A partir das 13:30 estarão por lá, Thalita Rebouças, Luiza Trigo e Bruna Vieira onde conversarão com seus fãs sobre seus livros.
16:00 estão por lá Hélio de La Peña, Hubert Aranha, Beto Silva, Marcelo Madureira e Claudio Manoel.
Já 18:30 estará por lá a blogueira e escritora Flavia Faria e a autora Daiana Garbin.



Fernanda Elloise 8º D
Kenna Ramos 9ºB

Programação da Bienal Feira de Livros


            
Resultado de imagem para bienal do livro         A Bienal desse ano vai do dia 03/08/18 ao dia 12/08/18   e no dia 09/08/18 Haverá os seguintes convidados: João Paulo Guerra Barreia e Fernanda de Oliveira as 11:00 Horas, as 13:30 estarão Thalita Rebouças, Luiza Trigo e Bruna Vieira, das 16:00 terá: Hélio dela pena, Hubert Aranha, Beto Silva, Marcelo Madureira e Claudio Manuel. O Último horário será 18:30 e terá convidado Julia Faria e Daiana Garbin.
         Todos eles farão uma tarde de autógrafos, encontros e entrevistas. Escolhemos publicar a programação nesse dia pois a nossa escola fara uma visita nessa data. Nos da imprensa jovem poderemos pensar em entrevista e conhecer o trabalho dessas pessoas durante o período que estivermos lá.

Alunos Repórteres: Julia Pereira e Paulo Ricardo 6ºB

                                                                  Saída a Bienal do Livro

Resultado de imagem para foto da bienal do livro são pauloNos da imprensa iremos a bienal do livro no dia 09/08 para estar acompanhado o evento importante das 09:00 as 12:00 la estarão grandes e reconhecidos autores e aqueles que não tem reconhecimento do publico.
la estarão:
João paulo barreira.
Fernanda de oliveira.
Thalita rebouças e muito mais.
se quiser mais informações acesse:
https://www.eiseverywhere.com/ereg/record.php?id=6a9786c65a873ec88229ba3b7bf5133d-MjAxOC0wOCM1YjYwOWMzNzg5MDAx&va_token=64abd45ad9




Aluno reporter : Cleilton domingos alves dos santos

Obrigado pela atenção adeus.

quinta-feira, 21 de junho de 2018

DEPRESSÃO X SUICÍDIO

         


    Escolhemos esse assunto pelo fato de ser muito frequente entre os adolescentes, esse caso foi relatado como um dos mais ocorridos entre os jovens, os adultos são os menos afetados. 

      Queremos conscientizar todos para ajudar quem sofre com essa doença, e para evitar que tenha mas casos e continuem acontecendo entre nós, queremos ajudar todos que sofrem com essa doença, para nos ajudar com esse trabalho pesquisaremos psiquiatras e psicólogos, e vamos entrar em contato para nos ajudar a conscientizar as pessoas sobre esse grave problema. 
     Resolvemos escolher outro tema para complementar, escolhemos o suicídio como segunda fase da depressão, quando a depressão chega a um ponto mas sério,a pessoa com depressão chega a um ponto de não aguentar o próprio sofrimento e muitas vítimas da depressão,veem o suicídio como uma solução para o seu problema, pois devem estar passando por uma fase difícil da vida, ou então elas veem um problema que não tem mesmo uma solução, e pensam que com o suicídio irá resolver tudo, ou pelo menos terminar com tudo de uma vez. 
    O suicídio hoje é compreendido como um transtorno multidimensional, que resulta de uma interação complexa entre fatores ambientais, sociais, fisiológicos, genéticos e biológicos. 
    Alguns sintomas de depressão podem ser como: cansaço, tristeza, perda de concentração, ansiedade, irritabilidade, distúrbios de sono, dores em diferentes partes do corpo etc. Se você percebeu que algum parente, amigo ou conhecido está com esses sintomas, indicamos que: Primeiro passo é favorecer um ambiente tranquilo e não opressor, com uma privacidade razoável. 
   Em seguida, executar a tarefa mais importante, a de escutar; ouvi-los efetivamente com empatia com reforços positivos e o não julgamento, tentando preencher uma lacuna criada pela desconfiança. 
   Outro fator a ser dito, é que ao conversar com pessoas sobre e que tenham depressão, é importante saber que você não precisa entender ao máximo o paciente, e sim escutar, muitas pessoas com estes problemas, só precisam desabafar e serem escutadas. 
   
   
Nosso grupo é composto por: Joice Almeida, Katiele Sampaio, Emily Regina, Daniel Batista e Mycael Santos 9ºA

quarta-feira, 20 de junho de 2018

O que realmente é o feminismo?


Irá acontecer em novembro na Emef Mario Fittipaldi o TCA (Trabalho Colaborativo de Autoria), feitos pelos 9 anos, que será apresentado aos 8 anos, com temas variados.
                O tema do nosso grupo será feminismo, mas sobre o que realmente se trata o feminismo? Essa palavra que está sendo tão comentada e discutida nos dias de hoje existe a muito tempo e é praticada em todos os lugares por muitas mulheres, mas, iremos falar sobre como o feminismo pode ajudar e interferir na vida das pessoas a nossa volta.
                As questões relacionadas ao nosso tema onde pretendemos focar são: a falta de conhecimento das pessoas em relação ao movimento feminista, a diferença entre femistas e feministas, por que nem todas as mulheres são feministas e também focaremos na história do movimento como um todo.
                Iremos fazer uma intervenção social relacionada não apenas ao feminismo mas também ao assédio, com os alunos do fundamental II.
                Nosso grupo é composto por:

               Paloma, Nathalia, Emily, Matheus Gomes e José ( Todos alunos do 9 ano C) e todos nós trabalharemos para concluir o TCA com muita qualidade e eficiência.

DEPRESSÃO

A depressão é caracterizada pela perda ou diminuição de interesse é prazer pela vida.
É uma tristeza profunda e prolongada.
A nossa escolha do tema depressão para o TCA- trabalho colaborativo de autoria é
porque ela é doença. Muitas pessoas acham que é besteira, mas ela promove apenas
uma sensação de infelicidade crônica, afeta também alteração fisiológica.
Outro motivo de escolher esse tema é porque podemos ter colegas que
precisam de ajuda, que estão se isolando, se cortando, entre outros
sintomas e com nossa pesquisa podemos ajudá-los a passar por isso.
O nosso objetivo de pesquisa é ajudar pessoas que sofrem com
essa doença e na comunidade escolar e mostrar
para outras como ajudar, apoiar e o que fazer nessa situação.
Ana Beatriz, Andressa Portuga
Gabrielle Carvalho, Julia Mendonça e Matheus Oliveira

Homofobia e suas "leis"



     O Brasil é o pais que mais matam transexuais e homossexuais.
    A palavra homofobia significa a repulsa ou preconceito contra a homossexualidade, esse termo teria sido utilizado pela primeira vez nos Estados Unidos nos anos de 70  e a partir dos anos 90.
     A palavra “fobia” denomina uma espécie de “medo irracional” e o fato de ter sido em empregados nesse sentido é motivo de discussão ainda entre alguns teóricos com relação a emprego do termo, assim entende-se que não se deve resumir o conceito a esse significado.
    Até hoje, não existe um trabalho do governo em documentar as informações de violência motivada para LGBTFOBIA, o governo federal, o estadual e o municipal, através de suas secretarias de segurança pública e outros órgãos deveriam coletar os dados de pessoas  que morrem e fazer sua estatística de crime  de ódio.
   A questão não se resume aos indivíduos homossexuais, ou seja, a homofobia compreende também questão da esfera pública como a luta por direitos, muitos comportamentos homofóbicos surgem justamente do medo da equivalência de direitos entre homo e heterossexuais, uma vez que isso significa, de certa maneira, o desaparecimento da hierarquia sexual estabelecida como discutimos.
     Podemos entender que a homofobia compreende duas dimensões fundamentais: de um lado a questão afetiva, de uma rejeição ao homossexual; de outro, a dimensão cultural que destaca a questão cognitiva, onde o objetivo do preconceito é a homossexualidade como fenômeno, e não o homossexual enquanto indíviduo.

Alunos: Atirson, Lays  e Camilly Rodrigues  9ºC

Feminismo

                   Bom o nosso trabalho e sobre o feminismo, um assunto muito falado mais que poucas pessoas realmente conhecem. O nosso objetivo é exatamente isso, passar informações e o conhecimento que temos e pesquisamos sobre o assunto.
                  O feminismo não é odiar os homens (muito pelo contrario), mas sim buscar os direitos de igualdade entre os gêneros, pois as mulheres sofrem muitas desigualdades sociais e preconceitos sociais, como: em empregos, em usar roupas decotadas e shorts curtos, quando saírem na rua entre varias outras coisas. Mas do que adianta falar sobre os problemas sociais e não arruma solução, por isso o movimento feminista, para poder trazer soluções em busca dos nossos direitos.
                Nossa intervenção social será trazer a informações que talvez muitas pessoas não conheçam e mostrar soluções para esses problemas tão comuns na sociedade, mas que acaba passando despercebido. Uma das nossas ideias é entrevistar uma feminista para que ela possa nos tirar duvidas frequentes sobre o assunto. O nome dela é Isabela e ela é do partido PSOL.


             No nosso grupo tem 9 integrares, e cada um tem uma função para ser realizado nosso TCA. Quem vai cuida de imprimir imagens e etc. Será a Andreza Santana, as responsáveis na atuação será a Sthefany Cristina, Suellen Muniz, Larissa e Cindy Gomes, a edição de vídeos será com Ramaiane Alves e com a Rafaela Sousa e por fim as pesquisas serão realizadas por Thamara Cinthia e com o Matheus Henrique.


Elenco: 9º ano C
suellen 
Sthephany
cindy
Thamara
Ramaiane
Andreza Santana
Rafaela
Larissa
Matheus Henrique

CORRUPÇÃO NA PERIFERIA – JARDIM ANGELA

Corrupção na população: sempre presente, porém, nunca vista
          A corrupção, muita das vezes acusada somente no governo, está sempre
presente no nosso dia a dia. Nós, alunos do 9°C: Ryan Lima, Nicole Nunes, Liedson
Alves e Victor Hugo Romualdo, vamos apresentar um pouco de como é a corrupção
na periferia.
         Cortar fila; colar na prova; roubar dinheiro da mãe; pegar o troco errado; abuso
de poder; fazer hora nas aulas; todas essas atitudes são formas de corrupção.
        Aquele que fala dos políticos e não vê ou não quer aceitar que o mesmo comete
a corrupção, ou fala até que é um “jeitinho brasileiro” de conseguir as coisas mais
facilmente pode ser chamado de hipócrita. Aquele que quer jugar o erro do outro
mas não aceita o seu próprio erro.
         Agora, o que significa a palavra corrupção?
         A corrupção pode ser definida como utilização do poder ou autoridade
para conseguir obter vantagens e fazer uso do seu dinheiro público para o seu próprio
interesse, de um integrante da família ou amigo. Corrupção vem do latim corruptus,
que significa quebrado em pedaços. O verbo corromper significa “tornar pútrido”.
         Não importa o século; década ou ano em que estamos vivendo, a corrupção; o
“jeitinho brasileiro”; a vontade de ter as coisas o mais rápido; tudo isso é do ser
humano; e é muito difícil viver sem essa forma de aproveitar as “oportunidades”.
Mas, com o tempo e consciência, podemos melhorar cada vez mais o nosso
jeito de viver. Começando desde pequenos, aprendendo e se conscientizando desde o
berço fica mais fácil por em pratica depois de adulto.
         O nosso grupo quer chamar atenção para um tema que achamos que está
presente apenas na política,mas convivemos com isso frequentemente.
         E você no seu convívio?  É corrupto?


Nicole Nunes
Ryan Silva
Liedson
Vitor Hugo Romualdo   9º ano C

T.C.A. – Reciclagem

 No nosso T.C.A. iremos abordar o tema de reciclagem e que não  acontece muito na sociedade onde nós
vivemos Poderíamos reaproveitar as coisas que não são mais uteis , para esse tema iremos usar as áreas do
conhecimento de: Ciências, Geografia e Matemática. Os problemas sociais que incomodam na sociedade são:
poluição do ecossistema, poluição visual, destruição da natureza, etc.
 Nós pretendemos fazer uma exposição com objetos reciclados para conscientizar um grupo de pessoas.
 As habilidades dos membros do grupo são: Victor: textos jornalísticos e edição; Pedro: fotografia e cartaz;
Lucas: Desenho.
O nosso grupo usará as tecnologias de: Celular, Câmera, Computador, cartolina, caneta, microfone, impressora,
lápis , caderno ,folhas de sulfite, etc.
 Em nossa sala as pessoas que poderiam nos auxiliar seriam as pessoas que tem a habilidade de falar em
publico, pois em nosso grupo ninguém tem essa habilidade. Para nosso trabalho ser rico em colaborações nos
gostaríamos de fazer uma exposição com brinquedos feitos com material reciclado produzido pelos alunos.
 Os professores com suas respectivas áreas do conhecimento que poderiam contribuir na confecção e
enriquecimento do trabalho seriam o professor de Matemática: Henrique, a professora de Ciências: Kátia
Ramos e o professor de Geografia: Gilmar.


Victor Hugo Germanio da Silva n° 36            9°c
Pedro Estevam de Matos n° 29
Lucas Oliveira n°22

9º A

terça-feira, 12 de junho de 2018

E ACONTECEU NA FESTA JUNINA 2018…



Neste sábado dia 09/06/18, aconteceu uma festa junina do CEU GUARAPIRANGA. Nessa festa tinha comidas, brincadeiras, apresentações de dança e correio elegante.
         As comidas típicas eram: cachorro quente, churrasco, bolos, canjica, pasteis, salgados, bebidas, carne maluca, doces e etc. As apresentações foram da EMEI, EMEF e algumas apresentações do palco que estava do lado de fora.
         Antes da festa, nós tivemos a oportunidade de entrevistar a diretora do CEI e descobrimos que o dinheiro arrecadado será utilizado para beneficio das crianças. 20% serão usados para a construção de um parquinho para as crianças. O restante será para a manutenção do parque interno e renovação da brinquedoteca.
Em nossa opinião, a festa junina foi muito legal, principalmente a maneira que foi organizada. Todos cooperaram de alguma maneira.

Esperamos que ano que vem seja ainda melhor e com mais novidades.

alunos

vitoria 8ºC
Rayssa 7ºD
Paulo 6ºB
Isabella 8ºC
Anny 6ºB

O que nos achamos da festa junina do CEU Guarapiranga

               


      No dia 9 de julho ocorreu na nossa escola a festa junina e nos decidimos relatar como foi á festa, bom a festa para mim a festa foi muito boa, pois tinha muita comida boa, musicas temáticas da festa, havia três brinquedos para toda criançada se divertir os brinquedos que haviam lá eram pula-pula, pescaria, entre outras.
     
       As musicas neste ano foram ótimas, pois neste ano tivemos direito a musicas do tipo funk, axé, sertanejo, forro entre outros já as comidas estavam deliciosas e a única coisa que eu não gostei foi da mudança geral que fizeram nas comidas, pois tiraram a pipoca o pão de queijo e a bolinha de queijo do cardápio.
   
      A decoração temática da festa foi a que mais me chamou mais a atenção por que sem uma decoração chamativa não atrairia um publico maior para nossa escola  que estava em momento de alegria com essa festa, a e como poderia me esquecer do publico que foi o que aumentou a alegria do CEU Guarapiranga com sua festa.





                            Alunos repórteres : Diogo Couto 8ºA e Diego Pereira 9ºA.
A Festa Junina do CEU Guarapiranga

A festa junina foi muito legal brincadeiras jogos comidas e bebidas.
brinquedos jogos diferentes da ultima não teve nenhuma briga foi maravilhoso.
Unica critica é que abola de ar em cima da água terminou cedo e estouro a bolha mas na tinha niguem dentro...ufa.

       Mais no fim tudo ficou bom...legal e deu certo...não aconteceu brigas e nem confusão...rss




aluno repórter: Cleilton Domingos Alves Dos Santos


FESTA JUNINA


          A festa junina aconteceu na escola Céu Guarapiranga no dia 09/06/18 no sábado
         A festa junina foi boa, mas não teve tantas variedades de comidas como  no ano passado
         Também não tiveram muitas variedades de brinquedos e um dos brinquedos que a EMEI alugou era uma bola gigante na piscina do CEU  que  você andava na água. Uma delas estourou e estava demorando muito para conseguir brincar.
         Na terça feira anterior da festa  fizemos  uma entrevista com a Luiza, coordenadora pedagógica da EMEF MARIO FITTIPALDI sobre a festa junina e ela respondeu algumas  perguntas para a gente.

alunas reportes: 
Aline 
Alytzah
Mirella
Julia

          

Obrigado por sua visita!

Você já esteve aqui