terça-feira, 4 de setembro de 2012

Entrevista com Luiz Henrique Medina "Caíque"

    A imprensa Jovem-Rádio Fitti da E.M.E. F Mario Fittipaldi foram a Bienal do Livro 2012 e conseguiram entrevistar o atleta paraolímpico Luiz Henrique Medina “o Caíque”, campeão nacional e internacional de tênis de mesa!
       Luiz Henrique nasceu sem os dois antebraços, a perna esquerda, a língua e o maxilar inferior, foi abandonado pela mãe ainda criança.
       Depois que foi encontrado, recebeu o nome temporário Luiz Henrique. Acolhido no Juizado de Infância por um ano, foi levado para o Lar Escola São Francisco, onde ficou como anônimo por 5 anos. Somente no sexto ano teve seu nome registrado, ganhou o sobrenome Medina e uma certidão de nascimento, com a data de nascimento aproximada: 4 de junho de 1951, dia em que foi encontrado numa rua da cidade de São Paulo.
      Luiz ganhou o apelido Caíque por causa de sua perna mecânica, que tinha o pé em formato de um caiaque.
      O aluno Pedro da Imprensa Jovem foi quem fez a entrevista com o atleta e vai contar um pouco sobre como foi essa experiência:
   Pedro: Quando entrevistei o Caíque senti que para ser feliz não há limites. Caíque em meio a sua deficiência não é frustrado e também não fica se torturando pensando que não é capaz, isso percebe-se pelo seu bom humor e sua alegria.

3 comentários:

  1. Gabriel Lima e Micaella20 de setembro de 2012 07:36

    Achamos muito interessante esse apoio e tambem muito motivador para outros deficientes.

    ResponderExcluir
  2. Apesar de muitos sofrimentos de infancia, ele fez sucesso na vida!
    Parabens cara, você é um grande exemplo de superação !
    Parabens mesmo.

    Henrique 5C


    ResponderExcluir
  3. Apesar de ter uma perna ele sofreu muito na infância ainda como ele cresceu foi um bom homem ,e um exemplo para escola.

    PEDRO 5ºC
    MATEUS 5ºC

    ResponderExcluir

COLABORE COM O BLOG!

ESCREVA-NOS OU ENVIE UMA IMAGEM
DAS ATIVIDADES DA ESCOLA
QUE VOCÊ GOSTARIA DE VER NO BLOG.

Obrigado por sua visita!

Você já esteve aqui